Próximas apresentações e workshops

PRÓXIMAS APRESENTAÇÕES E WORKSHOPS

Espetáculo "Garrafa Enforcada" - direção e coreografia Mário Nascimento e Rosa Antuña:
- de 22 a 25 de fevereiro, na Campanha de Popularização do Teatro e da Dança - Teatro Francisco Nunes, às 20:00hs, em Belo Horizonte, MG
- 1 de março em Água Boa, MG
- 2 de março em Capelinha, MG

ESTREIA "Dança de Brinquedo" - direção e coreografia Rosa Antuña:
- 10 e 11 de março no Teatro Marília, às 16:00hs - Belo Horizonte, MG

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

foto: Marco Aurélio Prates

Livremente inspirado no livro “História dos Nossos Gestos” (1976), escrito pelo historiador Câmara Cascudo, o espetáculo teve sua estreia em 2016, com o patrocínio do projeto “O Boticário na Dança”.
A partir dos gestos descritos por Cascudo em seu livro, o elenco, sob a direção de Mário Nascimento e Rosa Antuña, começou um estudo corporal para transformar cada gesto em movimento. Foi um mergulho na ancestralidade gestual do povo brasileiro, com ecos da África, da Penínsila Ibérica e, claro, das etnias ameríndias.
 Fábio Cardia assina a trilha sonora que dialoga com a longa tradição da música popular brasileira.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Que 2018 seja um ano de realizações!

Feliz Ano Novo a todos!
Que 2018 seja um ano bom, que os artistas se fortaleçam, persistam, insistam e consigam realizar os seus projetos!

Este ano a Cia Mário Nascimento comemora 20 anos de vida! E para comemorar teremos duas estreias. A primeira será DANÇA DE BRINQUEDO, o primeiro trabalho infanto-juvenil do grupo. A direção e a coreografia são de Rosa Antuña. A estreia será no Teatro Marília, em Belo Horizonte, nos dias 10 e 11 de março, às 16:00hs. Os ingressos custam 20,00 reais inteira e 10,00 reais meia-entrada.
Importante lembrar que este trabalho não é voltado apenas para o público infantil. É um trabalho para todas as idades.

foto Rosa Antuña - com Eliatrice Gischewski, Débora Roots, Mari Chalfum e Fábio Costa



A outra estreia será no segundo semestre, com direção e coreografia de Mário Nascimento: "ESPERA".
Saber esperar é um ato que nos preserva do desespero da urgência da realização de um desejo. A espera é luz que penetra nas sombras da nossa existência. Se em nossa ação de esperar temos sabedoria e calma, aprendemos a ver, ouvir e viver no momento presente. Esperando e vivendo no momento presente, aprendemos a observar o tempo das coisas, os ciclos e o fluxo da vida. Assim passamos a ter também esperança. Esperança de que a espera é válida. Esperança de que a espera traz o amadurecimento para que os frutos sejam colhidos no momento certo. E essa esperança nos traz paciência. E essa paciência alimenta nossa ação de esperar. Falamos aqui de esperar em estado de alerta e prontidão, mas sem ansiedade.

Num mundo onde tudo é imediato e superficial, onde o consumo ao que é descartável tem sido cada vez maior, onde as redes sociais estimulam a pressa para consumir e também para descartar, sejam comidas, objetos, opiniões, ideologias ou pessoas, o saber esperar torna-se uma grande virtude a ser conquistada.
O trabalho "Espera" se funde com a trajetória de 20 anos da Cia MN, que faz da sua rotina e espera, a oportunidade para o desenvolvimento e o aprofundamento da sua linguagem.

sábado, 25 de novembro de 2017

Fotos de Espelho da Lua no Teatro Bradesco, em BH

E aí vão algumas fotos da estreia de Espelho da Lua no Teatro Bradesco, em Belo Horizonte!
Foi no dia 23 de setembro, sábado.

fotos: Marco Aurélio Prates

Débora Roots, Ludmilla Ferrara e Mari Chalfum

Eliatrice Gichewski

Rosa Antuña



sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Espelho da Lua - ESTREIA 2017 - Sinopse

Dizem os historiadores que quando os exploradores europeus chegaram ao Brasil encontraram um grupo de mulheres guerreiras que viviam isoladas. Elas não aceitavam a presença de homens em seu território. Eram mulheres fortes e poderosas que lutavam com grande bravura. Logo se notou a semelhança delas com as amazonas da mitologia grega. Essas guerreiras eram chamadas de “Icamiabas” (mulheres sem seios). Em determinadas épocas essas mulheres saíam de seu território e iam ao lago chamado “Espelho da Lua” para festejar. Em algumas ocasiões, homens de uma determinada tribo eram convidados apenas para procriação.

Nesta obra, Mário Nascimento faz um paralelo dessas lendárias amazonas com as mulheres da atualidade, que são as guerreiras da contemporaneidade.

Este trabalho feito especialmente para 5 mulheres representa a forte presença feminina na CIA Mário Nascimento.

Direção e coreografia: Mário Nascimento
Dramaturgia: Rosa Antuña
Elenco: Débora Roots, Eliatrice Gischewski, Ludmilla Ferrara, Mari Chalfum e Rosa Antuña
Produção Heri Campos
Apoio: Studio It


ESTREIA:
* 26 de agosto, às 18:00hs no CCBB Rio de Janeiro e 27 de agosto ao meio-dia no Armazém 4, Rio de Janeiro - Festival DANÇA EM TRÂNSITO

* 23 de setembro, sábado, às 20:00hs no Teatro Bradesco, em Belo Horizonte.
 Ingressos 24,00 reais inteira e 12,00 reais meia, já à venda na bilheteria e no site do Teatro Bradesco.



foto: Marco Aurélio Prates

Espelho da Lua - teste de maquiagem e figurino

Saímos com Mário para ver roupas pela cidade, experimentar, fazer "bagunça" nas lojas. No final sempre dá certo! Este trabalho é inspirado nas Amazonas, mas ele tem uma leitura contemporânea. Buscamos tons de terra, pois ao longo do processo, sentimos uma vonade de dançar em meio a folhas secas, terra, natureza... por isso optamos pelos tons de marrom.
Além disso, Mário sugeriu que fizéssemos maquiagem tribal. Essa foto foi de uma primeira experiência. Mas ele disse para carregarmos ainda mais nessa maquiagem. Nos sentimos bem. Essa ideia de fazermos uma maquiagem especial traz uma força. É a descoberta do arquétipo da Amazona de cada uma de nós.








Espelho da Lua - Vídeos processo de criação

Direção: Mário Nascimento
Elenco: Rosa Antuña, Eliatrice Gichewski, Ludmilla Ferrara, Débora Roots e Mari Chalfum

ensaio agosto de 2017 - estreia chegando!

finalização do quinteto - vozes
julho 2017


Mário Nascimento com Rosa Antuña e Eliatrice Gichewski - montagem do duo
 - julho de 2017


Mário com Eliatrice Gichewski, Ludmilla Ferrara, Débora Roots e Mari Chalfum - montagem do primeiro quarteto - 
junho de 2017

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

AGENDA 2017

- 25 de novembro : Zhu - Teatro Amazonas - circulação Funarte Klauss Vianna - Manaus, AM

- 25 de novembro : workshop Dança Contemporânea com Mário Nascimento na UEA - Manaus, AM

- 24 de novembro : Zhu - Sesc Balneário - circulação FUNARTE Klauss Vianna - Manacapuru, AM

- 24 de novembro : workshop de Dança com Eliatrice Gischewski e Fábio Costa - Sesc Balneário - Manacapuru, AM

- 23 de novembro : workshop Dança Contemporânea com Mário Nascimento na UEA - Manaus, AM

- 5 de novembro : O Homem Invisível e O Vestido - Funesc - João Pessoa, PB

- 26, 27 e 28 de outubro e 2, 3 e 4 de novembro : Trilogia do Feminino - Rosa Antuña apresenta os solos Mulher Selvagem, O Vestido e A Mulher que Cuspiu a Maçã - Teatro da Caixa - Recife, PE

- 24 de outubro : O Homem Invisível - 22o Festival de Dança de Recife, PE

- 23 de outubro : Garrafa Enforcada - Teatro Dona Lindu - 22o Festival de Dança de Recife, PE

- 22 de outubro : Território Nu - Teatro Santa Izabel - 22o Festival de Dança de Recife, PE

- 5 de outubro : O Homem Invisível - Sesc Catanduva, SP

- 4 de outubro : O Homem Invisível - Sesc São José do Rio Preto, SP

- 23 de setembro : Espelho da Lua - Teatro Bradesco – 20:00hs - Belo Horizonte, MG

- 27 de agosto : Espelho da Lua (estreia) -  Dança em Trânsito – ao meio-dia no Armazém 4 (Armazém da Utopia) - Rio de Janeiro, RJ

- 26 de agosto : Espelho da Lua (estreia) -  Dança em Trânsito - às 18:00hs no Teatro do CCBB – Rio de Janeiro

- 27 e 28 de julho : O Homem Invisível – Caxias do Sul

- 21 de julho: Garrafa Enforcada - circulação Cia Mário Nascimento - Brumadinho, MG - patrocínio O Boticário na Dança - apoio Studio It

- 16 de julho: Garrafa Enforcada - circulação Cia Mário Nascimento - patrocínio O Boticário na Dança - apoio Studio It - 17:00hs - Centro Cultural Nhô Quim Drumond - Sete Lagoas, MG

- 22 de junho : Garrafa Enforcada - circulação O Boticário na Dança - Ouro Preto

- 17 e 18 de junho : Garrafa Enforcada - circulação O Boticário na Dança - 20:00hs - Teatro Francisco Nunes - BH

- 16 de junho : Território Nu - circulação O Boticário na Dança - 20:00hs - Teatro Francisco Nunes - Belo Horizonte

- 27 de maio : Garrafa Enforcada - circulação O Boticário na Dança - 19:00hs - gratuito - Serra do Cipó

- 20 de maio : Parada 7 - Horizontes Urbanos - 15:00hs - gratuito - Praça Floriano Peixoto - Belo Horizonte

- 19 de maio : Parada 7 - Horizontes Urbanos - 13:20hs - gratuito - estação do Move São Gabriel - Belo Horizonte


foto: Marco Aurélio Prates