Próximas apresentações e oficinas

2015

Belo Horizonte de 14 a 17 de maio
ESTREIA
- ZHU - CCBB 20:00hs

terça-feira, 5 de março de 2013

Léo Garcia - entrevista

Léo Garcia - nômade - 24 anos - leão - bailarino da Cia MN desde junho de 2008



foto: Duda Las Casas e Mirela Persichini


1 - onde vc nasceu - “Eu nasci e me criei

no colo das iabás

Andei por cima da pedras

Pisei no fogo sem me queimar

Andei onde mãe Clementina

andou,

E o samba mandou me chamar

... Eu faço o que o samba manda

Eu ando onde o samba andar

Com a força da minha fé,

Eu ando em qualquer lugar...”

2 - em quais cidades já morou - “ Quando o clarão da lua

Ilumina a madrugada

E aí eu faço das ruas

Minha eterna morada...”

3 - quantas vezes mudou de casa

“Eu não tenho chão

Eu não tenho casa

Eu não tenho pão

Tô vendendo as asas

Que possuo

Por não ter nada mais...

Eu não tenho chão

Só tenho grão de esperança”

Deixa pra lá ha quem tem por nós

Eu não tenho casa...”

4 - quantas vezes mudou de celular (o número) - ”Malandro é Malandro,Mané é Mané!”

5 - o que te impulsiona - “Minha força é a fé que carrego no fundo do peito...Deus louvado seja Deus!”

Salve Dona Terezinha de Jesus!

6 - qual é o seu grito”TEM QUE LUTAR NÃO SE ABATER!!!”

Salve Seu José Garcia!

7 - qual é o seu silêncio - ”Mas aconteceu um dia

Foi que o menino Deus chamou

E ela se foi pra cantar

Para além do luar

Onde moram as estrelas

E a gente fica a lembrar

Vendo o céu clarear

Na esperança de vê-la, sabiáSabiá

Que falta faz sua alegria

Sem você, meu canto agora é só

MelâncoliaCanta meu sabiá,

Voa meu sabiá,

Adeus meu sabiá...

Até um dia...”

Salve Dona Marieta Leandro


8 - o que te faz se sentir vivo?

“Eu sou a semente mais pura que papai plantou

Regado por velhos costumes que vovô deixou

Regendo um futuro com mais união

Um alegre canto num só tom

Marcando no surdo as batidas de um coração

Eu fui abraçado com a benção que mamãe rogou Na boca o gosto do doce que a vó cozinhou

Ganhei no sangue um toque de azul

Nos dedos leveza e inspiração

Pra compor meu destino, vou que vou..”



9 - qual a próxima mudança?

“Eu vou pro samba

Não sei que horas vou voltar

deixa a vela ascesa

E a chave no lugar..”


10 - pra onde vc quer ir?

E deixa a vida me levar

Vida leva eu!

Sou feliz e agradeço

Por tudo que Deus me deu...

Só posso levantar

As mãos pro céu

Agradecer e ser fiel

Ao destino que Deus me deu

Se não tenho tudo que preciso

Com o que tenho, vivo

De mansinho lá vou eu...

Se a coisa não sai

Do jeito que eu quero

Também não me desespero

O negócio é deixar rolar

E aos trancos e barrancos

Lá vou eu!

E sou feliz e agradeço

Por tudo que Deus me deu...”

Pra mim tudo acaba em samba.

E quem rezar por mim que o faça sambando,sambando no pé, na paz do Senhor.

Vou sambar, até o sapato pedir pra parar. Aí eu paro, tiro o sapato e sambo.O resto da vida.

Só me resta dançar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário