ESTREIA 2017!

Belo Horizonte, MG:
23 de setembro, sábado - ESTREIA : ESPELHO DA LUA no Teatro Bradesco, às 20:00hs - ingressos 24,00 reais inteira e 12,00 meia, já à venda na bilheteria e no site do Teatro Bradesco.
Pedimos seu apoio na nossa divulgação confirmando sua presença no nosso evento do Facebook, compartilhando e convidando seus amigos!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Direção


Mário Nascimento e Rosa Antuña


Mário Nascimento

Diretor , coreógrafo e bailarino
foto: Duda Las Casas


Iniciou seus estudos no Brasil em 1978, formando-se em ballet clássico, dança moderna e jazz. Estudou com Toshie Kobayashi, Lenie Dale, Fred Benjamin, Redhá Bettenfour, Joyce Kermann e Tony Abbot. Em 1989 aprimorou-se em dança moderna e contemporânea na Europa.
Realizou estudos de artes marciais, atletismo e composição de ritmos musicais, que contribuíram para o desenvolvimento de sua própria técnica e linguagem.
Considerado um artista do mundo underground de São Paulo, entre 95 e 96 foi assistente de direção e coreógrafo da Cisne Negro Cia de Dança ( São Paulo), dirigida por Hulda Bittencourt, onde criou as obras: "Sete por 7" e "Maracatu de Chico Rei". Em 97 foi convidado pelo Centro Coreográfico da Comunidade Franco - Belga para ministrar aulas na Cia Charleroi dance de Bruxelas.
Recebeu o prêmio APCA em 1999 de Qualidade Artística pela obra “Arerê” e o APCA de Melhor Coreógrafo por “Escapada” .
Com a obra “Escapada”, em parceria com o músico Fábio Cardia, apresentou-se na Alemanha, recebendo destaque no Morgen Post de Hamburgo. Foi o início da Cia Mário Nascimento, que em 2002 estruturou-se em Belo Horizonte, MG.
Em 2004 recebeu o prêmio USIMINAS / SINPARC como Melhor Coreógrafo pela obra “Escambo”.
Em 2005 foi convidado para coreografar no BALÉ DA CIDADE DE SÃO PAULO, onde criou as obras “Constanze” em comemoração aos 250 anos de Mozart a partir da sinfonia 41 Júpiter e “Onde está o Norte?” com estréias em 2006. Seguidamente coreografou “Devir” para o Ballet do Teatro Castro Alves, em Salvador. Em 2007 criou “Quimeras” para a Cia de Dança de Minas Gerais ( Palácio das Artes).
Ao longo de sua carreira, o coreógrafo vem sendo destacado nos principais jornais do país como O Estado de São Paulo , A Folha de São Paulo , Estado de Minas , Hoje em Dia , O Tempo , O Globo , Jornal do Brasil .
Atualmente é professor convidado da Cia de Dança de Minas Gerais ( Palácio das Artes), Grupo Camaleão, Cia Meia Ponta e do Balé da Cidade de São Paulo.
Principais Obras Coreográficas:
“Escapada”, “Trovador”, “Escambo”, “Do Ritmo ao Caos”,” Rebento”,” Faladores” (Cia. Mário Nascimento – Belo Horizonte , MG);
“Constanze” ,” Onde está o Norte ?” (Balé da Cidade de São Paulo – São Paulo , SP);
“Devir” (Ballet Teatro Castro Alves – Salvador , BA) ;
“Sete por 7” ,” Maracatu de Chico Rei” (Cisne Negro Cia. de Dança – São Paulo ,SP);
“Dominações”, “OM”,” Choque” , “Cru” (Cia. Municipal de Caxias do Sul – RS);
“Tambores da Meia-noite”,” Arerê” (Ballet de São José de Rio Preto – SP);
“ Baque” (Ballet de Diadema – SP);
“ Horas” ,” O Jogo do Olho “(Cia. Vacilou Dançou – Rio de Janeiro , RJ);
“Olhe Bem “, “Quatro” (Grupo Camaleão – Belo Horizonte ,MG);
“Coisa de Dentro “ (Meia-Ponta – Belo Horizonte , MG);
“Tabacaria”, “ Cortadores “ (Grupo Gestos – Araraquara , SP) .


Rosa Antuña

Assistente de direção e de coreografia, bailarina
foto: Cuia Magalhães


Estudou no Centro Mineiro de Danças Clássicas (Belo Horizonte) , Centro Pro-Danza de Cuba ( La Havana ) e Palucca Schule Dresden (Alemanha) tendo como principais professores Maria Clara Salles, Graça Sales, Mercedes Beltrán, Ofélia González, Laura Alonso, Hans Tappendorff,
Hanna Wandcke, Cristiana Menezes .
Participou do 7eme Concurse International de Danse de Paris(1996) , New York International Ballet Competition (2000), Seminário Internacional de Dança de Brasília (2º lugar - 1996), Concurso Internacional de Dança de Joinville (1º lugar – grand pás de deux profissional - 1996).
Estudou teatro na graduação da UFMG (até o 2° Período), também com Eugênio Barba ( Brasília, dez de 2008) e Match de Improvisação com Mariana Muniz.
Ganhou o prêmio Usiminas/Sinparc melhor bailarina 2004 (Escambo – Cia MN).
“ Vale salientar que o refinamento de Rosa Antuña , que também fala , canta e toca instrumentos , habilidades que se somam para projetá-la entre as melhores bailarinas do País.” (Helena Katz – O Estado de São Paulo – 27/11/2004)
Também trabalhou no Balé da Cidade de São Paulo; Mimulus Cia de Dança de Salão, Grupo de dança 1º Ato e Cia de Dança de Minas Gerais, em Belo Horizonte ; Chemnitz, Dessau e Erfurt Theater na Alemanha.
Foi coreógrafa da escola de dança do CEFAR(Fundação Clóvis Salgado), e professora de dança contemporânea do Ballet Jovem do Palácio das Artes.
Como coreógrafa criou trabalhos para o CEFAR ,Cristal Cia de Dança e Projeto 1,2 na Dança em Belo Horizonte , MG; para a Escola de dança Iracema Nogueira, Araraquara , SP e para o Grupo Êxtase de Viçosa, MG.
Atualmente é assistente de direção e de coreografia, professora de dança contemporânea e intérprete da Cia Mário Nascimento.


www.rosaantuna.blogspot.com
www.nucleoantuna.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário